Saúde Ocupacional: qualidade de vida para o colaborador

Qualidade de vida. Essas poucas palavras definem a essência da saúde ocupacional dentro de uma empresa. Afinal, ela é responsável por prevenir doenças ou problemas que possam ser originados no trabalho. O seu principal objetivo é, contudo, manter o bem estar físico, mental e social de todos os colaboradores, enquanto exercem suas ocupações profissionais.

Tudo sobre saúde ocupacional

Por que investir em saúde ocupacional

Essa é uma questão que muitas empresas levantam. Até pouco tempo atrás, as empresas não viam a necessidade de investir em saúde ocupacional. E, com isso, víamos uma crescente onda de doenças e problemáticas originadas no ambiente corporativo.

Mas, além desse fator, o Ministério do Trabalho também tornou obrigatório a saúde ocupacional dentro das empresas de pequeno, médio e grande porte. E, depois disso, os exames admissionais e demissionais passaram a ser obrigatórios além de outras mudanças para assegurar o bem-estar do colaborador.

E, para garantir que as empresas estejam cumprindo com as suas obrigações, o Ministério do Trabalho atua como um órgão fiscalizador. Ele Impõe regras no que diz respeito à qualidade de vida do trabalhador.

Vantagens

Esse tipo de ação é extremamente vantajoso para a empresa. Afinal, ao oferecer um ambiente que promove o bem-estar, o desempenho dos colaboradores é muito melhor e os sinistros com Seguro Saúde são evitados.

Como funciona

Para que a saúde ocupacional funcione de maneira adequada, especialistas na Segurança do Trabalho fazem uma vistoria na empresa e um relatório com apontamentos de adequação. Por exemplo, ao detectar um risco de acidente por causa do layout de um ambiente, podem pedir para mudar. Caso percebam risco de acidentes por falta de equipamento de segurança, podem exigir o EPI. Porém, tudo é de acordo com as regras da saúde ocupacional.

E, tanto empresa como funcionários deverão seguir as recomendações necessárias pelos especialistas. Evitando possíveis riscos físicos, biológicos, químicos e ergonômicos.

Todas essas ações devem ser elaboradas por Técnicos de Segurança do Trabalho. Esses técnicos devem ser inscritos nas DRT de sua região e Engenheiros de Segurança do Trabalho filiados ao CREA.

Fale com a gente

Queremos ajudar a sua empresa a cumprir a lei e extrair o melhor de seus funcionários. Oferecemos consultores e técnicos especializados no assunto.