Seguro de automóvel: por que é tão importante

Ter um seguro de automóvel para empresas e pessoas físicas tornou-se praticamente um item obrigatório nas grandes cidades brasileiras. Afinal, o aumento considerável de acidentes de carros somado ao índice de roubo e furtos,  não deixa dúvidas sobre a necessidade de proteger o patrimônio de eventuais prejuízos.

Segundo a Folha de São Paulo, o Brasil tem 1 roubo ou furto de veículo a cada minuto: Rio lidera o ranking.  E, segundo o jornal da USP, os acidentes são tantos que é uma questão de Saúde Pública.

Claro que há outros motivos para se ter um seguro de automóvel, por exemplo, incêndio ou desastre natural.  Mas, os principais motivos das empresas e das pessoas ainda são acidentes, furtos e roubos.

Sendo assim, vamos entender mais sobre o assunto e suas particularidades.

Tudo sobre seguro de automóvel

O que é seguro de automóvel 

É uma modalidade de seguro cuja finalidade é proteger os veículos de uma empresa ou de pessoas físicas. A cobertura, ou seja, o que o seguro paga ou não paga, tem a ver com o tipo de cobertura e assistências contratados. 

Por exemplo, algumas modalidades cobrem desde acidentes e furtos até mesmo desastres ambientais, como o carro ser levado pela enchente ou uma árvore cair em cima dele.

O valor a ser pago da franquia do seguro, entretanto, depende da cobertura e do plano contratado do seguro de automóvel. 

Outras podem, inclusive. incluir danos contra terceiros, incêndio, roubos, acidentes pessoais e de passageiros, acessórios de veículos, despesas extraordinárias, coberturas de extensão, entre outros.

Tipos de coberturas mais comuns

  • Colisão (perda total ou parcial);
  • Roubo ou furto;
  • Incêndio;
  • Desastres naturais;
  • Danos a terceiros;
  • Acidentes pessoais de passageiros;
  • Lanternas, faróis, retrovisores;
  • Reparo e troca de vidros;
  • Rubo e furto de estepe;
  • Guincho;
  • Outros.

Fale com a gente

Queremos ajudar  você ou a sua empresa a proteger o patrimônio e não ter que arcar com despesas maiores e imprevistas. Isso sem contar com o estresse e a preocupação que podem acarretar qualquer incidente.