Vale Alimentação: tudo o que você precisa saber!

Embora a maioria das pessoas confunda vale alimentação com vale refeição, eles possuem bastante diferença.

O vale refeição, por exemplo, somente pode ser usado para a alimentação diária (café, almoço e jantar). Enquanto que o vale alimentação só pode ser usado na compra de produtos alimentícios em supermercados, açougues, quitandas, padarias, entre outros.

O Vale Alimentação tornou-se um outro grande diferencial competitivo nas empresas na atualidade. Pois, ao concedê-lo ao funcionário, a empresa acaba retendo talentos além de atrair trabalhadores mais qualificados.

Vamos entender um pouco mais o Vale Alimentação e os benefícios de introduzi-lo no seu negócio.

Tudo sobre Vale Alimentação

O que é 

Como já antecipamos, é um benefício concedido pela empresa para que seus colaboradores possam comprar produtos do gênero alimentício. Em linhas gerais, ele é uma cesta básica mais bem elaborada.

Com ele, o funcionário poderá comprar alimentos das marcas que preferir, tanto para ele quanto para sua família.

Normalmente é aceito em diversos estabelecimentos que trabalham com produtos alimentícios. Por exemplo, padarias, supermercados, açougues, quitandas, entre outros.

O que diz a Lei 

Assim como o vale refeição o vale alimentação não é obrigatório de acordo com a CLT. Contudo, caso haja acordos coletivos setoriais, o benefício poderá ser obrigatório.

De acordo com o artigo 458 da CLT, o valor do vale alimentação está incorporado ao salário, veja um trecho:

“Art. 458 – Além do pagamento em dinheiro, compreende-se no salário, para todos os efeitos legais, a alimentação, habitação, vestuário ou outras prestações “in natura” que a empresa, por força do contrato ou do costume, fornecer habitualmente ao empregado. Em caso algum será permitido o pagamento com bebidas alcoólicas ou drogas nocivas.” (Redação dada pelo Decreto-lei nº 229, de 28.2.1967).

Como é fornecido 

Antigamente, esse benefício era conhecido como tickets ou ticket alimentação.

Embora ainda sejam utilizados, na atualidade já foram substituídos por quase todas as empresas pelo cartão alimentação.

Com o cartão alimentação, a vida dos colaboradores tornou-se mais fácil e prática pois eles incluem inúmeras vantagens, tais como:

  • Possibilidade de ver o saldo em tempo real pelo aplicativo;
  • Aceitação do cartão em vários estabelecimentos;
  • Planejamento dos gastos com alimentação, controlando o saldo do cartão.

Algumas empresas, todavia, preferem repassar o valor desse benefício diretamente em dinheiro para o funcionário, o que também gera mais facilidade, no entanto, menos controle onde ele está utilizando esse recurso.

Vantagens do vale alimentação para a empresa e os funcionários

Como já dissemos, uma das principais vantagens desse benefício para a empresa é criar um diferencial competitivo no mercado.

Além disso, ela poderá também aderir ao Programa de Alimentação do Trabalhador, podendo deduzir até 4% desse gasto em imposto de renda. Além de não haver incidência de FGTS em cima desse benefício.

Do lado do funcionário é um enorme benefício pois ele poderá dispor de mais recursos para comprar seus alimentos, além de poder escolher onde irá comprá-los.

Fale com a gente

Queremos ajudar a sua empresa e encontrar o plano perfeito para o perfil dela. Contamos com profissionais especializados que poderão indicar o tipo de vale alimentação que mais se adequa ao orçamento de seu negócio.